A Free Template From Joomlashack

ENCONTRO PARA NAMORADOS (Esquema) PDF Imprimir E-mail
Escrito por Info SBC Informativo   
Qui, 02 de Abril de 2009 14:40

ENCONTRO PARA NAMORADOS

I. INTRODUÇÃO

  • 1) Objetivo do encontro: a preparação para um matrimônio humano e cristão. Fornecer mínimo necessário para atingir esse objetivo.
  • 2) A vocação matrimonial (Gn 2,24; Jo 10,10b; Humanæ Vitæ, n 12 e 13)
  • - Os desígnios de Cristo. O Senhor veio chamar o homem a uma vida plena. Para muitos e não para todos, essa plenitude de vida se conseguirá através do matrimônio.
  • 3) O matrimônio como Instituição natural (realidade existente desde o início, Cân. 1055, § 1; Familiaris C, n. 84)
  • 4) As finalidades naturais do matrimônio
  • - O bem dos cônjuges (o be da fé do próprio sacramento e o consentimento que da forma ao matrimônio, suas restrições; caso de má fé e o csamento nulo)
  • - A geração e eduação dos filhos, na sua plenitude de amor.
  • 5) As propriedades essenciais do Matrimônio natural: a unidade e a indissolubilidade (o problema do divórcio) Mt 19,3-9; Mc 10,1-12; Lc 16,18; Ef 5,28-33; Cân. 1056.

II. O MATRIMÔNIO COMO SACRAMENTO (como plano de Deus)

  • 1) A aliança matrimonial elevada à dignidade de sacramento por Jesus Cristo, Mt 26,28, Rm 3,21.
  • 2) Noção de sacramento (sinal da graça de Deus, conferido através da Liturgia).
  • 3) Os ministros do sacramento (os noivos e o sacerdote como testemunha ualificada).
  • 4) A valorização do sacramento do matrimônio: o matrimônio é algo de sagrado, Ef 5,22-27.
  • 5) Este sacramento é um sacramento que deve ser recebido em estado de ação de graças (questão da confissão em específico).
  • 6) A ação da graça sacramental do matrimônio (O Batismo próprio e dos filhos inclusive exigências da preparação) Ef 4,1-7.

III. A ESPECIFICAÇÃO DAS FINALIDADES DO MATRIMÔNIO

  • 1) O amor conjugal (eventuais desvios na prática de vida) Ef 5,1-5.
  • 2) A superação das crises (fazer-se ajudar por alguém competente)Hb 10,26-31.
  • 3) A castidade matrimonial (como dever e harmonia no relacionamento) Hb 13,1-5.
  • 4) A procriação e a paternidade responsável
  • a) Os métodos lícitos para a regulação dos nascimentos
  • b) A educação dos filhos: todos os aspectos è psicológico, cultural e, de maneira toda especial, a religiosa, Ef 6,1-4.

IV. ASPECTOS FÍSICOS E MÉDICOS DO CASAMENTO

  • 1) O exame pré-nupcial (médico e confiança)
  • 2) Os mecanismos sexuais (relação sexual considerada em si mesma)
  • 3) A exposição didática dos métodos naturais para a regulação da natalidade
  • 4) Comportamento do casal durante o período da gestação, modificações naturais.
  • 5) Aspectos jurídicos civis e canônicos e os preliminares para ascender ao matrimônio (papeis etc)

V. A UNIÃO E A SANTIFICAÇÃO DO CASAL NA SUA VIDA ORDINÁRIA.

  • 1) O início da vida a dois, difícil e gradativa, Ef 4,17-24.
  • 2) A vivência de um cristianismo autêntico, inserção da comunidade cristã e construção, Tess 2,13-17.
  • 3) A santificação a dois, separação das diferenças e eventuais deficiências. 1Tess 4,1-8; 2Tess 3,6-9.
  • 4) A tarefa solidária na educação cristã dos filhos, essencial e fundamental. Fil 1,27-30 e 2,1-4.
  • 5) A santificação do trabalho (ora et labora) 1Tess 5,12-22.
  • 6) Avaliação do encontro e entrega dos certificados

VI. CELEBRAÇÃO FINAL DA SANTA MISSA (Hb 13,15-17)